16 de Junho de 2020

Descobrindo seu publico e seus pacientes

Medidas de segurança foram redobradas

A primeira coisa para documentar esse tipo de informação é saber a diferença entre público alvo e persona. O público alvo é algo mais abrangente, ou seja, são características básicas sobre as pessoas que frequentam seu consultório.


Já a persona é mais específica, sendo uma representação semifictícia do que é o seu paciente ideal. Veja alguns exemplos:


Público alvo: homens e mulheres, entre 18 e 30 anos, moradores de Santa Maria, classe média, formação superior.


Persona: Ana, 25 anos, classe média, moradora do bairro Centro de Santa Maria, não tem filhos, é formada em Administração, gosta de cuidar da aparência e está sempre conectada às mídias sociais.


Para lhe ajudar no processo de criação de sua persona, se faça algumas perguntas: Quais são os valores do seu paciente ideal? O que ele faz em seu cotidiano? Quais são as marcas que ele utiliza? Qual é o seu maior objetivo de vida?


Não baseie a criação da sua persona em suposições. Se você quer saber esse tipo de informação sobre os seus pacientes de uma forma mais certeira, converse durante os atendimentos, saiba ouvir e aposte em formulários de pesquisa. Você pode iniciar uma pesquisa utilizando mensagens SMS ou mesmo as mídias sociais.


Quando você já tiver informações suficientes sobre a sua persona, recomendamos o site O Fantástico Gerador de Personas, para montar uma representação visual do seu paciente ideal. Você irá inserir os dados que você tem, como idade, profissão e os objetivos da sua persona, irá escolher uma foto que a represente e pode gerar um PDF para salvar e imprimir.


Sabendo destas informações, agora você pode direcionar o seu marketing diretamente para essas pessoas e desta forma ter chances maiores de retorno e fidelização de pacientes.


Gostou desse conteúdo? envia pra uma colega de curso então.