ÁREAS DE CURSOS UNINGÁ ELEVA
05 de Abril de 2019

Problemas em preparar sua monografia? Oba!

Na hora de escrever o seu Trabalho de Conclusão de Curso, existem muitas coisas a levar em consideração: as referências a serem utilizadas, a adequação às normas da ABNT, os componentes textuais e não textuais que devem estar presentes, entre muitas outras coisas. No meio de tudo isso, é fácil se esquecer de um detalhe muito importante: a sua escrita!

Um TCC bem escrito exige muito esforço. É preciso que o autor esteja atento a diversos fatores que podem proporcionar uma leitura não só embasada cientificamente como gostosa de se ler. Afinal, o texto acadêmico não precisa ser cansativo e pode fornecer um momento de reflexão agradável ao leitor!

Por isso, no post de hoje vamos te dar dicas de como escrever bem o seu TCC. Confira!

Faça um bom rascunho

Anote todas as ideias que surgirem para sua escrita a partir da bagagem de leituras realizadas, sem se preocupar a princípio com questões ortográficas e gramaticais. Deixe esses aspectos para um momento de análise crítica mais adiante e se concentre reunir todas as informações que vão ser necessárias. A partir de um bom rascunho, é mais fácil estruturas as ideias em um texto claro.

Estruture bem seu texto

Lembre-se de que a escrita acadêmica pauta-se no modelo clássico de dissertação (aquele mesmo que era visto nos tempos de escola, nas aulas de português), portanto o tema central deve ser introduzido brevemente, desenvolvido de forma aprofundada e analítica a seguir e, por fim, concluído com a síntese do que foi proposto como reflexão até aquele ponto.

O texto também deve ter coerência e coesão textual. Os subtemas devem ser desenvolvidos e cada reflexão precisa ser encerrada antes que outra se inicie, para garantir a coerência. Também se atente para a continuidade do pensamento entre os parágrafos para garantir a coesão. Para isso, faça uso de conjunções e conectivos, como “logo”, “portanto”, “apesar disso” e “porém”.

Padronize seus verbos

Procure utilizar o mesmo tempo verbal em todas as partes do seu texto — ou seja, se você afirmar na introdução que “nesse trabalho, foi feito um estudo sobre”, com o verbo no passado, não escreva mais para frente que “o trabalho conclui que”, com o verbo no presente. Pode parecer uma tecnicalidade, mas vários tempos verbais misturados podem tornar a leitura cansativa e confusa.

Adote o novo acordo ortográfico

É importante seguir o novo acordo ortográfico entre países falantes da língua portuguesa, que já está em vigor no Brasil e também deve ser respeitado em trabalhos acadêmicos. Já existem softwares gratuitos, disponíveis na rede, que corrigem textos dentro das novas normas gramaticais.

Mantenha sua linguagem o mais clara possível

Evite as ambiguidades e outros problemas de estilo da língua, já que os cacoetes linguísticos tornam o texto ruidoso e fazem com que a atenção dos examinadores da banca se volte para detalhes técnicos, se distraindo do tema central da monografia.

Nesse sentido, busque ser claro em suas proposições, sem exagerar nos academicismos e evitando longas explicações desnecessárias. É preciso ser específico nas colocações sem perder a profundidade de conteúdo. Alongar-se em raciocínios pode demonstrar insegurança, em vez de confirmar um profundo conhecimento sobre o tema.

Essas dicas podem te ajudar a elaborar um trabalho de qualidade, que, além de ser um reflexo do seu interesse pelo tema e engajamento no processo de pesquisa, também pode abrir portas para pesquisas futuras. Quem sabe não surge, da experiência do TCC, a vontade de enveredar pelo meio acadêmico como pesquisador ou professor?

Esperamos que você tenha curtido essas dicas preciosas!